terapia-da-psicologia-39773605_editado.j
TRANSTORNO OBSESSIVO-COMPULSIVO

 

Se caracteriza por pensamentos, frases, palavras, cenas ou impulsos que invadem a mente de forma “intrusa”, involuntária e “imprópria” sendo persistentes, recorrentes e incômodas - OBSESSÕES

 

As obsessões (pensamentos intrusos), por trazerem consigo aflição e/ou medo, levam à comportamentos repetitivos e ritualísticos - COMPULSÕES, com objetivo de neutralizar, suprimir ou até ignorar o pensamentos obsessivos. Pelo desconforto que produzem, tempo despendido e, principalmente, pelo que levam o indivíduo a executar ou evitar, prejudicam a vida social, de trabalho e as relações interpessoais.

Em geral, os rituais se desenvolvem nas áreas da limpeza, checagem, conferência, contagem, organização, simetria, colecionismo, e podem variar ao longo da evolução da doença.

 

A terapia Cognitivo-Comportamental se dispõe em tratar tal transtorno, a partir de técnicas e exercícios que trarão à luz novas “aprendizagens” em como lidar com um padrão comportamental pré-estabelecido. Trata a partir de uma compreensão sobre como e quando o movimento psíquico se “instalou” e quais estratégias podem ser utilizadas, visando maior qualidade de vida